Pular para o conteúdo da página
Brasão da PUC-Rio

O Arquiteto Grandjean de Montigny

História
Busto de Grandjean de Montigny, encontra-se hoje na Casa França Brasil Busto de Grandjean de Montigny, encontra-se hoje na Casa França Brasil

August Grandjean de Montigny chega ao Rio de Janeiro em março de 1816 integrando um grupo de artistas e técnicos franceses – a assim chamada Missão Artística Francesa - trazido por D. João VI para desenvolver a indústria e a cultura brasileiras.

Arquiteto oficial, professor de arquitetura, paisagista e urbanista .

Conhecido e conceituado na Europa, tendo recebido, entre outros, o II Grand Prix de Rome e executado projetos na França, Alemanha e Itália.

Emigrou para o Brasil com a incumbência de projetar a sede da Escola Real de Ciências, Artes e Ofícios, integrando o Instituto Acadêmico idealizado na Corte Diretor da Academia em 1834.

Patrono da Arquitetura no Brasil.

Morou no Rio de Janeiro, onde construiu sua residência, até seu falecimento.

Suas principais obras

Residência na Gávea

Em 1980 depois de restaurado foi revitalizado como o Solar Grandjean de Montigny - Centro Cultural da PUC-Rio. Até é o espaço para realização de atividades culturais e artísticas e representa um elo especial entre a Universidade e a comunidade.

Galeria de imagens

Fotos - Solar Grandjean de Montigny - ano 2008