Prova Interativa: HISTÓRIA OBJETIVA
Faça as questões e depois clique em: "E agora, como me saí?"
 


1) A disseminação das idéias liberais estimulou transformações significativas nas sociedades americanas e européias, em finais do século XVIII.

Sobre essas transformações, é correto afirmar, que:

I -
colonos das sociedades americanas questionaram a dominação de suas respectivas metrópoles.

II -
trabalhadores fabris, na Inglaterra, conquistaram uma legislação social que limitou a superexploração do trabalho.

III -
africanos e indígenas, submetidos a diversas formas de trabalho compulsório nas Américas, conquistaram a sua liberdade.

IV -
grupos burgueses defenderam seus privilégios e opuseram-se à dissolução das corporações de ofício.

V -
os grupos sociais que compunham o Terceiro Estado, na França, opuseram-se às instituições do Estado absolutista francês.

Assinale:

(A) se somente a afirmativa I, IV e V estiverem corretas.
(B) se somente as afirmativas II, III e IV estiverem corretas.
(C) se somente as afirmativas I e V estiverem corretas.
(D) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.
(E) se todas as afirmativas estiverem corretas.
 
2) COM EXCEÇÃO DE UMA, as alternativas abaixo apresentam desdobramentos da I Guerra Mundial no quadro das relações internacionais. Assinale-a.
(A) O fim dos Impérios supranacionais, como o Austro-Húngaro, o Russo e o Otomano.
(B) A expansão internacional do comunismo, estimulado pela ascensão política dos bolcheviques na Rússia.
(C) A criação da Liga das Nações, com o objetivo de estabelecer um fórum diplomático internacional.
(D) O início da "diplomacia do dólar" e a crescente influência norte americana entre os países europeus, exemplificado pela criação do Plano Marshall.
(E) O ressentimento alemão quanto à indenização e aos reparos de guerra, estipulados pelo Tratado de Versalhes.
   
 
3) Durante a Primeira República no Brasil ( 1889-1930 ), a Política dos Governadores ou "Política do Café com Leite" representou:
(A) uma política econômica de incentivo à produção e à exportação de café e leite.
(B) a predominância, no comando político do Governo Federal, das oligarquias paulista e mineira.
(C) a reação das oligarquias do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul contra o monopólio de poder dos paulistas.
(D) uma campanha publicitária promovida pelo governo federal destinada a atrair investidores estrangeiros, por meio da divulgação das riquezas do Brasil.
(E) uma política de investimento em gêneros de primeira necessidade de modo a suprir o abastecimento alimentar da população urbana em expansão.
   
 
4) COM EXCEÇÃO DE UMA, as alternativas abaixo apresentam de modo correto medidas tomadas pelo governo do Príncipe-Regente Dom João no Rio de Janeiro, após a transferência da Corte portuguesa para o Brasil. Assinale-a.
(A) A Carta-Régia de 28 de janeiro de 1808 pôs fim ao monopólio comercial que, durante quase três séculos, se constituiu em um dos pilares da dominação metropolitana sobre sua colônia americana.
(B) A conclusão dos tratados de Aliança e Amizade e Comércio e Navegação com a Inglaterra, em 1810, assegurava, entre outras vantagens, tarifas preferenciais para os produtos ingleses no mercado brasileiro.
(C) A criação do primeiro Banco do Brasil visava a fornecer os créditos necessários tanto para a importação de novos escravos africanos para a nascente lavoura cafeeira, quanto para a atividade industrial em franca expansão.
(D) Expressando também a nova conjuntura política européia decorrente da derrota de Napoleão Bonaparte, o Brasil foi elevado à categoria de Reino Unido a Portugal e Algarves em 1815.
(E) O fim da proibição da atividade gráfica possibilitou o surgimento de jornais e revistas, como a Gazeta do Rio de Janeiro, assim como uma maior circulação de notícias e idéias, muito embora a censura régia continuasse a existir.
   
 
5) Analise as afirmativas abaixo referentes à experiência da escravidão no Brasil colônia e no Brasil império.

I -
No Brasil colônia, era comum a utilização da denominação negro da terra para indicar os índios escravizados.

II -
Eram chamados crioulos os escravos negros nascidos no Brasil e denominados ingênuos os filhos de escravas nascidos de condição livre, a partir da lei de 28 de setembro de 1871 ( Lei do Ventre-Livre ).

III -
Ocorrendo em todos os pontos da América onde existiu a escravidão, a fuga levava à formação de grupos de escravos fugidos, aos quais com freqüência se juntavam outros personagens sociais. No Brasil, esses grupos eram chamados quilombos ou mocambos, e seus membros, quilombolas, calhambolas ou mocambeiros.
(A) se somente a afirmativa III estiver correta.
(B) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
(C) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
(D) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.
(E) se todas as afirmativas estiverem corretas.
   
 
6) A expansão comercial e marítima, dos séculos XV e XVI, foi uma experiência de grande impacto no mundo europeu, pois:

I) possibilitou a exploração das novas terras descobertas, por intermédio de atividades econômicas propiciadoras do abastecimento de gêneros agrícolas e metais preciosos em larga escala.

II)
utilizou-se de novas técnicas, possibilitadoras da ampliação dos conhecimentos náuticos e astronômicos.

III)
estimulou a difusão de relatos de cunho etnocêntrico sobre os povos e terras extra-europeus.

IV)
propiciou a paz religiosa entre reformadores e ortodoxos, na medida em que viabilizou a distribuição desses grupos pelos novos espaços habitáveis do mundo colonial.

Indique a opção que apresenta as afirmativas corretas.
(A) I e II.
(B) III e IV.
(C) I, II e III.
(D) II, III e IV.
(E) Todas.
   
 
7) A França de Luís XIV ( 1643-1715 ), a Inglaterra durante o reinado da rainha Vitória ( 1837-1901 ), a Alemanha do III Reich ( 1933-1945 ) e Portugal após a Revolução dos Cravos ( 1974 ) são exemplos, respectivamente, de:

Indique qual das opções abaixo apresenta a afirmativa correta.
(A) monarquia absolutista, monarquia parlamentar, república totalitária, república democrática.
(B) monarquia feudal, monarquia parlamentar, república fascista, república unipartidária.
(C) monarquia teocrática, monarquia democrática, monarquia feudal, república fundamentalista.
(D) monarquia feudal, monarquia constitucional, república popular, república socialista.
(E) monarquia ilustrada, monarquia autoritária, república despótica, república corporativista.
   
 
8) Abaixo, encontram-se, corretamente identificadas, características marcantes da sociedade brasileira desde a Independência até os dias de hoje, À EXCEÇÃO DE UMA.

Indique a opção que apresenta essa exceção.
(A) Grandes contrastes sócio-econômico-culturais entre as elites e as camadas populares.
(B) Permanência de mecanismos de hierarquização e exclusão social.
(C) Alto grau de concentração da propriedade fundiária.
(D) Efetiva exclusão das camadas populares do processo político-decisório
(E) Forte dependência financeira em relação aos capitais estrangeiros.
   
 
9) "Julgamos propícia esta ocasião para afirmar, como um princípio que afeta os direitos e interesses dos Estados Unidos, que os continentes americanos, em virtude da condição livre e independente que adquiriram e conservam, não podem mais ser considerados, no futuro, como suscetíveis de colonização por nenhuma potência européia [...]"

(Mensagem do Presidente dos EUA James Monroe ao Congresso, 1823)


A Doutrina Monroe visava a contestar uma possível intervenção e recolonização, nas Américas, pelos governos da Europa da Santa Aliança. Assinale a alternativa que identifica uma ação ou deliberação do governo americano, nos últimos dois séculos, que melhor expressa o princípio acima.

(A) A declaração nacionalista de Abraão Lincoln, durante a Guerra de Secessão, conclamando a reunião dos estados do Sul aos estados do Norte.
(B) A defesa dos 14 Pontos, proposta pelo Presidente Wilson, ao fim da Primeira Guerra Mundial, resguardando o continente americano para a influência dos EUA.
(C) A defesa da neutralidade do continente americano, no início da Segunda Guerra Mundial, proclamando a solidariedade continental em caso de agressão externa.
(D) A criação de um programa de investimentos para a América Latina, a "Aliança para o Progresso", tendo em vista a contenção do socialismo, após a Revolução Cubana.
(E) A convocação do Presidente Bush para os países americanos se solidarizarem com os EUA, após os ataques às "torres gêmeas", em 11 de setembro de 2001.
   
 
10) Diáspora: "dispersão coletiva forçada de um grupo religioso e/ou étnico"

(The Penguin Atlas of Diaspora, 1995)

"dispersão de povos por motivos políticos ou religiosos, em virtude de perseguição de grupos dominadores intolerantes"

(Dicionário Aurélio)

Abaixo, estão identificadas experiências históricas que se enquadram nas definições acima, COM EXCEÇÃO DE UMA. Indique a opção que apresenta essa exceção.

(A) Com a colonização da Época Moderna, milhões de negros africanos foram trazidos para as Américas, aí cultivando valores e tradições comuns.
(B) As constantes situações de seca no nordeste brasileiro provocaram a migração massiva de nordestinos para as grandes cidades do sudeste brasileiro.
(C) Uma parcela expressiva da população irlandesa migrou para os Estados Unidos, no século XIX, devido, entre outros fatores, ao desemprego, à fome e aos conflitos religiosos que grassavam na Irlanda.
(D) Os judeus se espalharam pelo mundo, desde a Antigüidade, devido a expulsões sucessivas promovidas nos territórios que habitavam.
(E) A criação do Estado de Israel e a Guerra Árabe israelense, em 1948, inauguraram a dispersão dos palestinos.
   
 
11) Durante a República Velha ( 1889-1930 ), a desvalorização da moeda nacional em face da moeda estrangeira foi uma prática de que o Estado brasileiro lançou mão com relativa freqüência.

Sobre a desvalorização, pode-se afirmar que:

I)
era extremamente conveniente tanto para o governo federal quanto para os governos estaduais, uma vez que facilitava a obtenção de empréstimos junto às grandes instituições financeiras internacionais.

II)
beneficiava primordialmente os setores econômicos ligados à exportação, como por exemplo os cafeicultores, uma vez que, se boa parte de seus compromissos e gastos eram pagos com a moeda nacional, parte significativa de sua renda era realizada em moeda estrangeira.

III)
contribuía diretamente para a estagnação e retração do setor industrial, então voltado para a produção de bens de consumo não-duráveis, já que implicava um encarecimento da maquinaria importada, inviabilizando, assim, a renovação e modernização do parque industrial.

IV)
provocava aumento do custo de vida da população assalariada, uma vez que muitos dos bens de consumo de primeira necessidade eram importados ou muitas vezes produzidos com matérias-primas adquiridas no estrangeiro.

Indique a opção que apresenta a( s ) afirmativa( s ) correta( s ).

(A) I.
(B) II e IV.
(C) III e IV.
(D) I, II e III.
(E) Todas.
   
 
12) Analise as afirmativas abaixo, referentes à arte e à cultura no Brasil, entre os séculos XVIII e XX:

I) Ainda que em suas diversas manifestações possam ser percebidos elementos evidenciadores de sua matriz européia, o Barroco assumiu no Brasil colonial feições que lhe conferiram uma identidade própria.

II)
A Missão Artística Francesa, aqui chegada em 1816, foi a grande responsável pela introdução do neoclacissismo no Brasil, estilo que influenciou, por exemplo, a produção arquitetônica principalmente na Corte do Rio de Janeiro.

III)
O Estado imperial brasileiro, sobretudo durante o 2º Reinado, não promoveu a formulação de uma política cultural, o que o diferenciou do Estado republicano que se caracterizou por diversos incentivos às manifestações artístico-culturais de expressão nacionalista.

IV)
O movimento modernista rompeu, tanto no âmbito das artes plásticas quanto no da literatura, com as abordagens temáticas e a estética características da maior parte da produção cultural das décadas anteriores.

Indique a opção que apresenta a( s ) afirmativa( s ) correta( s ).
(A) I e III.
(B) II e III.
(C) III e IV.
(D) I, II e IV.
(E) Todas
   
 
13) Analise as afirmativas que se seguem, relativas às grandes temáticas que vêm mobilizando o mundo no curso dos últimos 20 anos:

I) O avanço da epidemia de Aids, para além das transformações comportamentais por ela geradas, tem tido um forte impacto sócio-econômico-populacional nas sociedades africanas sul-saarianas.

II)
A queda do Muro de Berlim foi um marco simbólico do fim de uma era marcada pela bipolaridade e do início de uma época na qual os Estados Unidos buscam se afirmar cada vez mais como potência hegemônica.

III)
As descobertas efetuadas no campo da genética vêm propiciando a abertura de novos horizontes revolucionários para a humanidade, como, por exemplo, no campo da produção de alimentos, ainda que suscite importantes questionamentos éticos.

IV)
O advento e a propagação da internet como instrumento de comunicação contribuiu fortemente para conferir maior complexidade e amplitude ao fenômeno da globalização.

Indique a opção que apresenta a( s ) afirmativa( s ) correta( s ).

(A) IV.
(B) I e II.
(C) II e III.
(D) III e IV.
(E) Todas.
   
 
14) "O petróleo é nosso" foi o lema da campanha que empolgou grupos políticos, associações profissionais e organizações diversas no Brasil, entre 1947 e 1953. Sobre esse tema, o episódio e suas motivações, são corretas as afirmativas, À EXCEÇÃO DE UMA. Assinale a opção que apresenta essa exceção.
(A) O petróleo foi foco de importantes disputas no Brasil, porque tornou-se a principal fonte de energia para a indústria contemporânea, devido às transformações tecnológicas mundiais ocorridas desde a segunda metade do século XIX.
(B) A forte correlação entre petróleo e indústria foi de grande importância para a formulação de projetos de desenvolvimento e para as discussões acerca das possibilidades de conquista da soberania econômica brasileira, após a II Guerra Mundial.
(C) Os militares - pelo interesse no desenvolvimento da indústria brasileira, em especial a de armamentos - e os estudantes - pelo engajamento nacionalista - foram dois grupos que participaram ativamente dos debates relativos à regulamentação da exploração do petróleo.
(D) A "Campanha do Petróleo" teve como desdobramento a criação de uma empresa estatal de petróleo - a Petrobrás.
(E) Se o governo Vargas demonstrou interesse na Petrobrás, o governo de Juscelino Kubitschek foi indiferente à produção de petróleo, preferindo investir nas pesquisas para o desenvolvimento da energia nuclear.
   
 

15) No traço de Belmonte, o mundo é a bola em jogo entre Truman e Stalin.
Ilustração de 20-08-46.

Assinale a alternativa na qual se encontra a melhor interpretação do desenho do cartunista brasileiro Belmonte, em relação à situação mundial após a II Guerra Mundial:

(A) O desenho de Belmonte sugere o início da Guerra Fria, caracterizado pelo embate entre o bloco socialista, liderado pela URSS, e o capitalista, liderado pelos EUA, que disputaram, pelas décadas seguintes, o predomínio técnico, militar, econômico e político do mundo.
(B) A guerra se encerrara em 1945, e os principais aliados vitoriosos, EUA (Truman) e URSS (Stalin), estavam discutindo, em conferências internacionais, tratados de paz para a divisão dos territórios dos países derrotados.
(C) O globo do desenho põe em evidência a América do Sul e a África, pois estes seriam os principais focos de disputa entre as grandes potências, já que, neste momento, a divisão européia estava consolidada.
(D) O cartunista brasileiro teria cometido um equívoco, pois o governo inglês havia participado de todas as conferências internacionais, sendo um dos "três grandes". Além disso, a criação da ONU, em 1945, havia deslocado a discussão dos problemas mundiais para esse fórum.
(E) De aliados, na II Guerra Mundial, EUA e URSS transformaram-se em inimigos. Criaram, em 1946, alianças militares opostas ( OTAN e Pacto de Varsóvia ); dividiram a Alemanha, com a construção do Muro de Berlim; e iniciaram uma guerra localizada na Coréia.
   
 
início da prova