Biologia
Prova objetiva realizada no dia 13/12/1999
Questões

1
A Baixada de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, apresenta a mais
elevada taxa de crescimento populacional do município e,
dentre os seus problemas ambientais, destaca-se o lançamento
de esgotos in natura no seu sistema lagunar. Como
conseqüência direta, estas lagunas passam a apresentar:

(A) aumento das condições aeróbicas do lodo do fundo e
redução da fotossíntese global.

(B) aumento da biomassa de consumidores secundários e
redução dos organismos autotróficos.

(C) redução do assoreamento provocado pela carga de
nutrientes oriundos dos esgotos.

(D) aumento da diversidade de algas, de gastrópodes e
dos peixes herbívoros.

(E) eutrofização, o que gera alta produtividade primária
e grande biomassa de algas.


2
Assinale o grupo de vegetais que apresenta semente.

(A) Pinheiros, leguminosas e gramíneas.

(B) Avencas, bromélias e cítricos.

(C) Samambaias, pinheiros e orquídeas.

(D) Leguminosas, algas e gramíneas.

(E) Cítricos, cactáceas e cogumelos.


3
No arquipélago das Cagarras, no Rio de Janeiro, ocorrem
grandes colônias de gaivotas de três espécies, que usam
seus rochedos como local de nidificação. Elas têm como
alimentação básica os peixes, não são predadoras de animais
terrestres e nem utilizam plantas em sua alimentação. Assim,
o que mais se aproxima do conceito de nicho ecológico
ocupado por estas aves é dizer que seu nicho:

(A) é o mar costeiro, onde obtêm alimento.

(B) são as ilhas onde nidificam.

(C) é a associação entre as três espécies.

(D) é o de predador de peixes na sua comunidade.

(E) é o de consumidor primário na sua comunidade.


4
A questão da utilização da soja transgênica no Brasil constitui
um debate polêmico. Dentre os argumentos contrários à sua
utilização, destaca-se a possibilidade de se utilizar na sua
cultura maiores quantidades de herbicidas, o que poderia ser
danoso ao meio ambiente e às bactérias que vivem em
nódulos de suas raízes. A importância destas bactérias nesta
cultura é grande pois elas:

(A) utilizam o nitrogênio do ar para a síntese de aminoácidos.

(B) transformam o nitrogênio do ar em nitratos.

(C) são capazes de converter o nitrogênio do ar em proteínas e amido.

(D) são importantes na fixação do enxofre.

(E) assimilam o fósforo do solo tornando-o disponível para a planta.


5
A farinha de mandioca é um item básico na dieta do brasileiro,
principalmente no interior do país, sendo o seu cultivo espalhado
por todo o território. Um tipo de pesquisa de grande efeito
social é o melhoramento genético das plantas de mandioca,
para se obterem variedades altamente produtivas. Caso isto
fosse obtido, a forma de se propagar e fixar uma nova variedade
em grande escala seria:

(A) obter mudas por brotamento das gemas caulinares.

(B) obter sementes oriundas da polinização por pássaros.

(C) fecundar as plantas artificialmente com pólen de plantas silvestres.

(D) obter sementes oriundas de fecundação cruzada.

(E) obter mudas com base em retrocruzamentos.


6
O porte geralmente reduzido das algas e das briófitas pode ser atribuído:

(A) à falta de um sistema condutor verdadeiro.

(B) à reprodução sexuada de seus gametas.

(C) ao fato do esporófito não realizar a respiração.

(D) à predominância do ambiente aquático onde vivem.

(E) à presença de estômatos nos talos.


7
O estado do Rio de Janeiro apresenta diversos ecossistemas,
em função da grande variabilidade de sua paisagem. Dentre
as características listadas abaixo, destaque a alternativa
ERRADA.

(A) A mata atlântica é a formação dominante do Rio de Janeiro.

(B) As restingas se desenvolvem sobre solos arenosos e constituem o ecossistema mais ameaçado de todos os demais.

(C) Os campos de altitude estão localizados principalmente nas serras dos Órgãos e Itatiaia e apresentam grande número de endemismos.

(D) A mata atlântica é constituída por florestas secundárias na maior parte do trecho fluminense.

(E) Os manguezais estão ligados à existência de um ciclo de marés e apresentam alta diversidade de espécies vegetais.


8
Um ecossistema pode ser considerado ecologicamente mais
estável em relação a distúrbios quando possui:

(A) um grande número de espécies endêmicas.

(B) uma grande extensão territorial e grande variabilidade de climas.

(C) uma biomassa de consumidores primários equivalente à dos secundários.

(D) um número elevado de espécies de predadores.

(E) um grande número de espécies com relativamente poucos indivíduos em cada.


9
O álcool e a gasolina são combustíveis que, em última análise,
promovem a transformação da energia solar porque:

(A) no refino de ambos, há a necessidade da energia do sol
para transformação da energia química contida nas moléculas
orgânicas.

(B) para a fabricação do álcool, é necessária a energia solar
para fermentação da glicose, e o refino do petróleo é constituído
de organismos vegetais fossilizados.

(C) o álcool provém de um vegetal fotossintético, e o petróleo é
um combustível mineral.

(D) o álcool provém de um vegetal fotossintético, e o petróleo,
de florestas fossilizadas.

(E) o álcool provém de um vegetal fotossintético, e o processo de fossilização
do petróleo se dá em função de sua oxidação pela energia do sol.


10
O lobo guará e a onça são dois exemplares da nossa fauna
ameaçados de extinção. O diagrama a seguir mostra as principais
categorias taxonômicas a que pertencem estes animais:
Lobo guará: Cordado > mamífero > carnívoro > canídeo >
Chrysocyon > C. brachyurus
Onça parda: Cordado > mamífero > carnívoro > felídeo > Felis >F. concolor
A análise do diagrama permite dizer que os dois animais estão
próximos na mesma categoria até:

(A) classe.

(B) filo.

(C) família.

(D) gênero.

(E) ordem.


11
Leia as afirmativas abaixo, com relação à evolução dos seres vivos.

I - O mecanismo da evolução caracteriza-se basicamente por
uma mudança na freqüência de certos genes na população,
causada por mutação, seleção natural, isolamento
geográfico e reprodutivo ou deriva genética.

II - Quando através do isolamento geográfico, uma população
se torna diferente da população original e atinge um isolamento
reprodutivo, dizemos que surgiu uma nova espécie.

III - A mutação é uma alteração na seqüência de bases
do DNA, podendo ser espontânea ou provocada por agentes
ambientais. Somente as mutações que ocorrem nas células
reprodutoras têm importância evolutiva.

IV - Segundo Darwin, através da seleção natural, as espécies
serão representadas por indivíduos cada vez mais adaptados
ao ambiente em que vivem.

Dessas afirmativas, admitem-se como verdadeiras as indicadas na opção:

(A) Afirmativas I, II, III e IV

(B) Apenas I e II

(C) Apenas II e III

(D) Apenas I, II e III

(E) Apenas I, III e IV.


12
Em genética, o fenômeno da interação gênica consiste no fato de:

(A) uma característica provocada pelo ambiente, como surdez por
infecção, imitar uma característica genética, como a surdez hereditária.

(B) vários pares de genes não alelos influenciarem na determinação
de uma mesma característica.

(C) um único gene ter efeito simultâneo sobre várias características
do organismo.

(D) dois pares de genes estarem no mesmo par de cromossomos
homólogos.

(E) dois cromossomos se unirem para formar um gameta.


13
As células que constituem os organismos dos metazoários
foram se especializando no decorrer do processo evolutivo,
se agrupando em tecidos e estes formando os órgãos, que
por sua vez, formam os sistemas.

Assinale a alternativa que apresenta as afirmativas corretas.

I - Nos animais, os estímulos do ambiente são captados por
órgãos sensoriais, como o olho e o ouvido. Nesses órgãos,
encontramos neurônios sensitivos, encarregados de receber
os estímulos e transformá-los em impulsos nervosos.

II - O tecido epitelial reveste o corpo humano, forra as cavidades
internas e forma as glândulas. Apesar de não possuir terminações
nervosas, esse tecido é nutrido por vasos sangüíneos.

III - O sangue pode ser considerado um tecido muito especial,
porque possui uma substância intercelular no estado líquido,
o plasma. Nele estão mergulhadas as células do sangue,
os glóbulos sangüíneos.

IV - O músculo liso possui fibras mononucleadas, sem estrias
transversais. É encontrado na parede dos órgãos ocos
(tubo digestivo, útero, artérias e brônquios) e apresentam
contração involuntária.

(A) Todos os itens estão corretos.

(B) Os itens I e II estão corretos

(C) Os itens II, III e IV estão corretos

(D) Os itens I, II e III estão corretos

(E) Os itens I, III e IV estão corretos


14
Na circulação dos mamíferos, o coração funciona como uma bomba
que se contrai e se relaxa ritmicamente. O sangue bombeado percorre
todo o corpo numa seqüência constante.

Assinale a afirmação correta entre as abaixo apresentadas.

(A) O sangue venoso passa do átrio para o ventrículo direito e de lá
é bombeado para a artéria pulmonar.

(B) A artéria pulmonar se ramifica levando o sangue arterial para o pulmão,
onde ocorre a hematose.

(C) O sangue arterial volta ao coração pela aorta, entrando pelo átrio direito
e recomeçando o trajeto.

(D) É chamada pequena circulação a via que leva o sangue arterial aos tecidos
e traz de volta o sangue venoso para o coração.

(E) O sangue venoso é vermelho vivo devido à combinação da hemoglobina
com o oxigênio, enquanto o sangue arterial é azul escuro.


15
Com relação ao código genético e à síntese de proteínas, assinale a afirmativa FALSA.

(A) Na molécula de DNA, encontramos sempre desoxirribose e cinco tipos de bases:
adenina, guanina, citosina, timina e uracil.

(B) Os ácidos nucleicos podem aparecer livres na célula ou podem estar associados
a proteínas, compondo os cromossomos e ribossomos na forma de moléculas
complexas de nucleoproteínas.

(C) Duas grandes etapas estão envolvidas na síntese das proteínas:
a transcrição, que compreende a passagem do código genético
do DNA para o RNA, e a tradução, que compreende o trabalho
do RNA de organização dos aminoácidos na seqüência determinada
pelo código genético.

(D) A mutação constitui uma alteração na seqüência de bases nitrogenadas
de um segmento de DNA e pode ser provocada por radiações, por raios
cósmicos, por raios-X, ou mesmo por exposição aos raios ultravioleta do sol.

(E) Todas as células do corpo têm a mesma coleção de genes, mas, apesar
disso, encontramos células com formas e funções diferentes. Este processo
chama-se diferenciação celular.