PUC-Rio - Página inicial

> Reitoria, Vice-reitorias e Centros > Vice-Reitoria Comunitária >
> Bolsas e Financiamentos da VRC > FIES

Foto ilustrativa
Bolsas e Financiamentos da VRC
Foto ilustrativa
FIES - Perguntas Frequentes
Foto ilustrativa

Voltar

 


1 – O que é a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA)?

A Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) é responsável pela validação das informações prestadas pelo estudante no ato da inscrição, bem como dar início ao processo de aditamento de renovação dos contratos de financiamento.

Cada local de oferta de cursos da instituição de ensino participante do FIES deverá constituir uma Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). A Comissão será composta por cinco membros, sendo dois representantes da instituição de ensino, dois representantes da entidade máxima de representação estudantil da instituição de ensino e um representante do corpo docente da instituição de ensino.

Voltar


2 – O que acontece se o estudante não comparecer à CPSA ou ao Agente Financeiro nos prazos estabelecidos?

Caso o estudante não compareça à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) ou ao Agente Financeiro (instituição bancária) nos prazos determinados, a inscrição será cancelada, podendo o estudante realizar nova inscrição a qualquer tempo.

Voltar


3 – O estudante que já pagou alguma mensalidade do semestre poderá ser ressarcido, caso contrate o financiamento?

Sim, caso a contratação do financiamento aconteça no decorrer do semestre, a instituição de ensino poderá ressarcir ao estudante financiado o valor referente às parcelas da semestralidade já pagas.

Voltar


4 – É necessário ter um fiador para ter acesso ao fies?

Sim, para recorrer ao financiamento o estudante deve apresentar até dois fiadores que tenha(m) rendimento(s) mensal(is) bruto mínimo equivalente ao dobro do valor da mensalidade do aluno. Antes de indicar um ou dois fiadores, é importante verificar se ele(s) possue(m) restrição cadastral.

Voltar


5 – O que é a fiança solidária?

A fiança solidária constitui–se na garantia oferecida reciprocamente por estudantes financiados pelo FIES reunidos em grupo de três a cinco participantes, em que cada um deles se compromete como fiador solidário da totalidade dos valores devidos individualmente pelos demais.

A PUC-Rio não trabalha com fiança solidária.

Voltar


6 – Somente os alunos que ingressaram na PUC-Rio através doENEM podem se candidatar ao fies?

Não. A participação no ENEM é exigida apenas para os alunos que concluíram o ensino médio a partir do ano de 2010, independente da forma de ingresso na universidade ter sido pelo ENEM ou através do Vestibular da PUC.

Voltar


7 – Existe um percentual mínimo de financiamento pelo FIES?

Sim. O percentual mínimo de financiamento pelo FIES é de 50% (cinqüenta por cento) do valor dos encargos educacionais cobrados do estudante por parte da instituição de ensino.

Voltar


8 – É possível modificar o percentual de financiamento solicitado após a inscrição?

Sim. O aluno poderá solicitar a REDUÇÃO do percentual de seu financiamento no momento do aditamento a qualquer semestre. Não é permitido, no entanto, o aumento do percentual. Nem tampouco, a volta ao percentual anteriormente contratado. O aluno que solicitar a redução do percentual fica ciente que o novo percentual será cadastrado e deverá arcar com a diferença das mensalidades do semestre inteiro.

Voltar


9 – É possível solicitar transferência de instituição e/ou curso durante o período de dilatação de financiamento?

Durante o período de dilatação do financiamento, a realização de transferência somente poderá ocorrer quando destinar–se à mudança de instituição de ensino para conclusão do curso financiado e desde que a quantidade de semestres a cursar na instituição de destino não ultrapasse o prazo máximo permitido para dilatação.

Voltar


10 – O que é o encerramento antecipado do contrato de financiamento estudantil?

É o encerramento antecipado da utilização do financiamento e inicio das fases de carência e amortização de contrato de financiamento estudantil.

Voltar


11 – O estudante que solicitar o encerramento poderá antecipar a fase de amortização do financiamento?

Sim. O estudante que optar pelo encerramento antecipado da utilização do financiamento deverá escolher uma das seguintes opções:

I – liquidar o saldo devedor do financiamento no ato da assinatura do Termo de Encerramento;
II – permanecer na fase de utilização do financiamento e cumprir as fases de carência e amortização de acordo com as condições pactuadas contratualmente.
III – antecipar a fase de carência do financiamento e cumprir a fase de amortização de acordo com as condições pactuadas contratualmente; ou
IV – antecipar a fase de amortização do financiamento e efetuar o pagamento das prestações de acordo com as condições pactuadas contratualmente.

Voltar


12 – Caso o estudante queira permanecer na fase de utilização do financiamento e cumprir as fases de carências e amortização de acordo com as condições pactuadas contratualmente será necessário comprovar a condição de estudante regularmente matriculado?

A partir do 2º semestre do ano de 2013, o encerramento antecipado da utilização do financiamento, na opção de permanecer na fase de utilização, ficará condicionado à comprovação da condição de estudante matriculado em curso superior e deverá ser feita no agente financeiro por ocasião da assinatura do Termo de Encerramento, mediante a apresentação de declaração emitida pela instituição de ensino detentora da matrícula do estudante.

Voltar


13 – O estudante que encerrou antecipadamente seu financiamento poderá obter novo financiamento do FIES?

Não. Não será concedido novo financiamento para estudante que tenha encerrado o prazo de utilização do financiamento, mesmo que antecipadamente.

Voltar


14 – É possível realizar transferência de curso ou habilitação?

Sim. Primeiramente o aluno deverá seguir os procedimentos internos da universidade para conseguir sua transferência acadêmica. Uma vez realizada essa transferência de curso e/ou habilitação na DAR, o aluno deverá informar a troca na época do aditamento.

Atenção! O prazo para a mudança é de 18 meses do início de utilização do FIES. A não observância deste prazo implica na perda do benefício.

Voltar

Imagem ilustrativa de rodapé