Pular para o conteúdo da página
Brasão da PUC-Rio

Vice-reitoria para Assuntos Acadêmicos

PÁGINA INICIAL ENSINO, PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DESTAQUES ACADÊMICOS RANKINGS CAMPANHAS SOBRE A VRAC

Destaques Acadêmicos

De cá e de lá: Brasil e Portugal no design de histórias

Professor Rodrigo de Lamare, do CETUC, encabeça a lista

A Parla! - Mostra Dhis de Design de Personagens, organizada pelo Laboratório de Design de Histórias (Dhis), do Departamento de Artes & Design, chega a sua quinta edição com exposições no Solar Grandjean de Montigny, a partir do dia 20 de julho, e no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, Portugal, a partir do dia 16, fruto de parceria com o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave de Portugal (IPCA).

Tendo percorrido temas distintos como o cosmos, a cultura da China (em parceria com a Universidade de Shangai) e a morte (em parceria com instituições de Nova York e da Cidade do México), a mostra, agora, se debruça sobre arte e cultura popular.

- A partir das relações entre regionalidade, materialidade, produção industrial e artesanal – questões decisivas no universo do design de personagens – essa edição da Parla! busca contribuir, mais uma vez, para o grande objetivo de pesquisar a criação narrativa ficcional com base no estudo da imagem e tendo como recorte a representação do personagem, observa o professor Nilton Gamba Junior, coordenador do Dhis.

Para Gamba, a oportunidade de trabalhar com culturas distintas ampliou o sentido da exposição, que, hoje, lida com especificidades e sobreposições ao falar de Brasil e Portugal.

- Os grupos de estudantes e professores da PUC-Rio e do IPCA trabalharam durante o primeiro semestre de 2017 para concluírem seus projetos e apresenta-los nessa exposição. A Parla! propôs três conceitos correlatos com o tema: experiência, rastro e aura. Os três conceitos foram retirados da obra de Walter Benjamin, sendo a experiência a função que vai rever o papel da narrativa na sociedade; o rastro a função que expande a noção de experiência com a relevância da dimensão regional ou temporal da produção cultural, e a aura um conceito forjado pelo autor no estudo da imagem técnica, discutindo as relações entre o valor do original e da cópia industrializada, esclarece o coordenador.

A preparação da mostra contou com encontros presencias e virtuais dos grupos de cada país, e os grupos entre si conseguiram compartilhar processos por meio de plataformas digitais síncronas e assíncronas.

Foram selecionados, no conjunto de trabalhos, três primeiros lugares e três menções honrosas de cada país. O júri do Brasil selecionou os trabalhos de Portugal, e o de Portugal selecionou os do Brasil. Alguns professores participaram, mas sem concorrer à premiação. “Ao final, se chegou às duas mostras com todos os trabalhos, uma em Portugal e uma no Brasil”, sublinha o professor.

- Sem dúvida, o grande prêmio para o Dhis e os parceiros em todas as mostras foi o contato com designers de nossa área e a ampliação não só da nossa rede de conhecimentos, mas também, das amizades.

EXPOSIÇÃO BRASIL

Data da abertura: 20/07/2017
Horário: 18h
Período: até 15/08
Local: Solar Grandjean de Montigny – Museu Universitário PUC-Rio
R. Marquês de São vicente, 225, Gávea.

Publicada em: 11/07/2017

Por Renata Ratton
Assessoria de Comunicação
Vice-Reitoria Acadêmica