Brasão

> Pós-Graduação e Pesquisa > Iniciação Científica > PIBIC

PIBIC na PUC-Rio - Bolsas
Imagem ilustrativa

Submissão de Pedidos

Todo professor com título de Doutorado pode submeter pedidos de bolsas PIBIC.

Existem requisitos diferentes para projetos novos, projetos que solicitam renovação e projetos que serão concluídos, sem renovação.

icone Datas e procedimentos - consulte o nosso calendário

icone Sistema de submissão (PIBIC online): https://pibic.rdc.puc-rio.br/

Voltar


Processo de Avaliação item

Os pedidos de bolsa são avaliados em duas etapas: por um Comitê Interno e por um Comitê Externo.

O Comitê Interno é formado por um Representante de cada Centro, indicado pelo respectivo Coordenador Setorial de Pós-Graduacão, e por três professores eleitos por Centro, sendo dois titulares e um suplente, com mandato anual.

O Comitê Externo é formado por 12 pesquisadores, 4 por Centro, que sejam pesquisadores do CNPq.

Inicialmente, o Comitê Interno avalia todos os pedidos e seleciona os projetos considerados coerentes com o programa PIBIC. Estes projetos são então avaliados pelo Comitê Externo. Eventuais projetos recusados poderão apresentar um recurso. Finalmente, os projetos aprovados geram uma demanda qualificada por departamento.

Em seguida, aplicam-se os critérios (listados abaixo) para definir a quota de bolsas para cada departamento.

Em seguida, os departamentos são informados e, em caso de demanda superior à oferta de bolsas, devem indicar os alunos que efetivamente receberão a bolsa. Esta indicação é, finalmente, enviada para o CNPq para implementação.

Comitê interno PIBIC PUC-Rio:
Centro Nome
CCS
ADM

ANA HELOISA DA COSTA LEMOS

GEO

AUGUSTO CESAR PINHEIRO DA SILVA

CIS

MARCELO TADEU BAUMANN BURGOS

IAG

RODRIGO PENNA FIRME PEDROSA

CTC
QUI

ANDRE SILVA PIMENTEL

MAT

CARLOS FREDERICO PALMEIRA/SUPLENTE

FIS

CELIA BEATRIZ ANTENEODO DE PORTO

IND

FLAVIA CESAR TEIXEIRA MENDES

MEC

MARCELO DE ANDRADE DREUX

CTCH
LET HELENA FRANCO MARTINS
DAD LUIZA NOVAES
PSI RICARDO TORRI DE ARAUJO
EDU ZENA EISENBERG
 
Centro Representante do Centro
CCS AUGUSTO CESAR PINHEIRO DA SILVA
CTC MARCELO DE ANDRADE DREUX
CTCH ZENA EISENBERG

Voltar


Quota de Bolsas e Critérios de Distribuição item

Atualmente, a PUC-Rio conta com uma quota de 192 bolsas do PIBIC/CNPq versus uma demanda interna superior a 325 bolsas. Veja aqui a distribuição de bolsas efetivas para o período agosto de 2016 a julho de 2017.

Assim, é necessário ter critérios para distribuir as bolsas disponíveis. Estes critérios visam avaliar, e também fomentar, o envolvimento dos departamentos com a iniciação científica, bem como valorizar a qualidade dos programas de pós-graduação.

Os seguintes itens são levados em conta, para distribuição da quota disponibilizada pelo CNPq:

Critério Justificativa/Aplicação
A demanda real de cada departamento  
A quota departamental no período anterior Visando evitar descontinuidades no programa de cada departamento
O número de bolsas de IC obtidas pelo departamento a partir de outras fontes que não o PIBIC Como uma indicação do envolvimento do departamento com a Iniciação científica
A utilização, pelo departamento, de mecanismos de valorização da Iniciação Científica, tais como a concessão de créditos de disciplinas para alunos de IC voluntários (sem bolsa) Como uma indicação do envolvimento do departamento com a Iniciação científica
O número de professores que são bolsistas de produtividade, do CNPq, bolsistas APQ1 ou Cientista do Nosso Estado, da FAPERJ Como uma indicação da qualificação do corpo docente e servindo de incentivo a que os professores busquem o reconhecimento externo pelas agências de fomento
O número de orientadores PIBIC que são membros do Corpo Docente Permanente dos programas de Pós-Graduação da universidade As atividades de pesquisa desenvolvidas na IC devem ser vistas como um primeiro passo para a Pós-Graduação. As bolsas devem ser, preferencialmente, dirigidas para projetos do Corpo Docente da Pós-Graduação

Voltar


Prestação de Contas e Visibilidade do Programa item

Entre as exigências colocadas pelo CNPq para concessão de quotas de bolsas PIBIC, está a apresentação dos resultados das pesquisas em um seminário específico.

Na PUC-Rio, o Seminário de Iniciação Científica é realizado no mês de agosto. Os trabalhos são apresentados sob forma oral ou de pôster. Os consultores externos são convidados para avaliar o evento.

Para o Seminário de IC, são produzidos anais impressos, contendo um Resumo de 2 Páginas de cada um dos trabalhos. Estes resumos devem ser enviados em formato e prazo pré-definidos, para que seja possível a preparação da publicação impressa, a tempo de distribuir durante o Seminário de IC.

Vale lembrar que o Seminário de IC está aberto a outros alunos de IC, com bolsa de outros gêneros/instituições, e alunos de IC sem bolsa. Os interessados devem se inscrever, enviando o Resumo de 2 Páginas. Vide Calendário.

O PIBIC PUC-Rio também publica os resumos e também um Relatório Anual de cada projeto. Estes relatórios devem ser tão completos quanto possível, e representam com maior profundidade e detalhe os resultados dos projetos de IC da PUC-Rio.

Voltar


Cancelamento e Substituição de Bolsistas/Projetos/Orientador item

É possível cancelar ou substituir um bolsista a qualquer momento. Substituições enviadas até o último dia de cada mês serão implementadas para pagamento da bolsa no início do mês seguinte (em função do processamento de dados pelo CNPq).

Caso o orientador, não solicite substituição até 15 dias após um pedido de cancelamento, a bolsa reverterá para o Departamento, que terá mais 15 dias para indicar outro orientador e aluno. Findo este prazo, a bolsa reverte para a Coordenação do PIBIC que poderá alocá-la para outro departamento/centro. Excepcionalmente, pedidos de cancelamento enviados após 15 de dezembro poderão enviar a substituição do aluno até 10 de março. Isto porque, muitas vezes, é difícil escolher e indicar um novo aluno durante o período de férias.

É possível também substituir o projeto de pesquisa. Isto pode ser necessário devido a uma mudança de foco da pesquisa, por dificuldades experimentais ou ainda em função da substituição do aluno. Apesar de permitido, este procedimento deve ser evitado, tanto quanto possível, uma vez que o novo projeto não será avaliado pelos Comitês Interno e Externo. Assim, a Coordenação do PIBIC avaliará a solicitação e autorizará ou não a mudança. É importante que estas mudanças sejam informadas durante a apresentação no Seminário de IC.

Em casos excepcionais, pode ser necessário substituir o professor orientador de um projeto, mantendo ou não seu conteúdo original. A substituição deverá ser solicitada pelo coordenador departamental do PIBIC, devidamente justificada, para avaliação pela Coordenação do PIBIC. De acordo com as regras do CNPq, um orientador não pode transferir diretamente uma bolsa para um colega. Este procedimento deve sempre passar pela coordenação departamental e ser aprovado pela coordenação do PIBIC.

Todos os procedimentos são realizados através do PIBIC Online. Atenção! Atualização para acesso segura a serviços e sistemas.

Voltar