Brasão da PUC-Rio - Voltar para a página principal do site da Universidade

> Graduação > PROUNI >

Graduação

A PUC-Rio e o ProUni - Programa Universidade
para todos


Foto de alunos em aula

 

Final do conteúdo de navegação do curso

Voltar
abaixo segue o conteudo do itens citados acima

 


PROCEDIMENTOS PARA SUSPENSÃO/REATIVAÇÃO DA BOLSA

SUSPENSÃO/TRANCAMENTO:
O bolsista que necessitar suspender sua bolsa deverá se dirigir à Diretoria de Admissão e Registro (DAR) para solicitar o trancamento de matrícula. Em seguida, o bolsista deverá se encaminhar para o guichê da Coordenação de Bolsas para preenchimento do requerimento de suspensão do benefício. Dependendo dos motivos, o bolsista deverá apresentar comprovante. Por fim, deverá assinar o Termo de Suspensão da bolsa.

REATIVAÇÃO DA BOLSA/REABERTURA DE MATRÍCULA:
O bolsista que, dentro dos prazos estabelecidos pela legislação do MEC e da PUC em vigor, desejar retomar sua vida acadêmica, deverá se dirigir à Diretoria de Admissão e Registro (DAR) requerendo a reabertura da matrícula. Após este procedimento, o bolsista deverá, imediatamente, se encaminhar ao guichê da Coordenação de Bolsas para comunicar a reabertura. O bolsista deverá comparecer no prazo para a renovação do benefício, através da assinatura do Termo de Atualização.


PROCEDIMENTOS TRANSFERÊNCIA INTERNA

O bolsista que desejar transferir-se de *curso, habilitação ou turno*, deverá seguir os procedimentos da Diretoria de Admissão e Registro (/PUCOnline/), e obtendo o deferimento do seu pedido, imediatamente, encaminhar-se ao guichê da Coordenação de Bolsas para a assinatura do Termo de Transferência junto ao SISPROUNI.


PROCEDIMENTOS PARA A APROVAÇÃO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS 2014.1
[BOLSAS REMANESCENTES]

COMPARECIMENTO A PUC-Rio:

Local: Vice-Reitoria Comunitária (sobreloja do Prédio Cardeal Leme)
Horário de atendimento: das 9:00 às 11:00 e das 14:00 às 16:00

                               
A - Comprovar as informações fornecidas ao MEC, apresentando original e fotocópia simples constantes da Lista de documentos ProUni 2014.1.

Quando necessário, seguir os modelos de declarações.

Orientações para a apresentação dos documentos:

bullet_redondoNa falta de algum documento, o processo não será aceito;

bullet_redondoNão grampear as cópias nem recortá-las, deixar em tamanho A4;

bullet_redondoOs documentos deverão estar em ordem, conforme lista (não serão aceitos documentos incompletos ou ilegíveis);

bullet_redondoAs cópias dos gastos primários (luz, gás, telefone, etc.) da residência do Grupo Familiar (apenas uma conta de cada despesa, no caso a mais recente/do mês vigente).


B –Juntamente com a comprovação dos documentos, deverá ser apresentado (impresso) o Formulário Eletrônico, previamente preenchido. Se for o caso, será agendada Entrevista com Assistente Social.

separador de conteúdo
Voltar


LEGISLAÇÃO PROCESSO SELETIVO 2014.1

- Portaria_normativa nº 6, de 26 de fevereiro de 2014
- Edital nº 6, de 27 de fevereiro de 2014
- Consulta cursos oferecidos
- Portaria Normativa nº 2, de 6 de Janeiro de 2014


separador de conteúdo

Voltar


SUPERVISÃO DE BOLSISTAS



[]

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR
Diretoria de Políticas e Programas de Graduação da Educação Superior
Esplanada dos Ministérios, Bloco L
3º andar – Sala 343 – Anexo II
70.047-900 - Brasília - DF
E-mail: iesprouni@mec.gov.br

Brasília-DF, 30 de Agosto de 2013
 
 
Ofício-Circular nº 19/2013- DIPES/SESu/MEC
 

Aos Coordenadores/Representantes do Prouni

 

 
Assunto: Supervisão de bolsistas do Programa Universidade para Todos (Prouni) - 2013
                       
                        Senhor(a) Coordenador(a),
 
1.  A Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (SESu/MEC), por intermédio da Diretoria de Políticas e Programas de Graduação (DIPES), desenvolve um conjunto de ações destinadas à supervisão do Programa Universidade para Todos (Prouni), visando o cumprimento das determinações legais e à preservação dos objetivos do Programa.
 
2.  Esclarecemos que o procedimento de supervisão de bolsistas do Prouni foi regulamentado pela Portaria Normativa nº 8, de 26 de abril de 2013, publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 30 de abril de 2013 e republicada no DOU em 07 de junho de 2013, tendo em vista o disposto na Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005, no Decreto nº 5.493, de 18 de julho de 2005 e na Portaria Normativa MEC nº 19, de 20 de novembro de 2008. Referidos dispositivos legais encontram-se disponíveis no Portal do Prouni na Internet, na aba “Legislação”.
 
3.  De acordo com a citada Portaria, a SESu, visando à verificação do atendimento dos critérios exigidos pelas normas do Prouni, efetuou o cruzamento de informações constantes no Sistema Informatizado do Prouni (Sisprouni) com os seguintes cadastros oficiais:
 
· Relação Anual de Informações Sociais (RAIS);
· Registro Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM);
· Censo da Educação Superior;
· Plataforma de Integração de Dados das Instituições Federais de Ensino Superior (PingIFES);
· Sistema de Seleção Unificada (Sisu); e
· Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) – Verificação de óbitos na base de dados da Secretaria da Receita Federal do Brasil (SRFB).
 
4.  Nesse sentido, informamos V.Sa. que, a partir de 02/09/2013, a relação dos estudantes com indícios de irregularidades apontados nos cruzamentos supramencionados estará disponível no Módulo de Supervisão de Bolsistas do Sisprouni.
 
5. Ressaltamos que essas ocorrências configuram indícios de irregularidades do bolsista. Desta forma, os estudantes deverão ser notificados e convocados para apresentar documentação para apuração das ocorrências apontadas no referido módulo.
 
6.  Ao acessar o Sisprouni, o coordenador do Prouni será informado, na tela inicial de acesso ao Sistema, da existência de bolsistas com indícios de irregularidades.
 
7.  O coordenador, então, deverá notificar por escrito o(s) bolsista(s) a respeito da(s) ocorrência(s) e requisitar, no prazo de 10 (dez) dias, contados a partir da data de recebimento da notificação, a documentação julgada necessária para verificação do(s) indício(s) de irregularidade.
 
8.  Insta salientar que a notificação do bolsista deverá ser efetuada por via postal com aviso de recebimento ou outro meio que assegure a certeza da ciência do estudante.
 
9.  De posse da documentação do bolsista, o coordenador deverá proceder a análise acerca da pertinência e veracidade das informações e dos documentos apresentados, devendo fundamentadamente decidir pela manutenção ou pelo encerramento da bolsa, dando imediata ciência ao estudante.
 
10. Nas hipóteses em que o bolsista notificado não comparecer à instituição de ensino superior (IES) ou não apresentar a documentação julgada necessária no prazo concedido, caberá ao coordenador encerrar de ofício a bolsa, descrevendo no Termo de Encerramento de Bolsa o motivo pelo qual a encerrou.
 
11. A decisão do coordenador, bem como a justificativa detalhada para a manutenção ou o encerramento da bolsa, deverão ser registradas no Módulo de Supervisão de Bolsistas, com a devida assinatura digital do Termo de Manutenção ou Encerramento, conforme o caso.
 
12. No caso de encerramento de bolsa, salientamos que ao aluno será facultado pedido de reconsideração, devidamente fundamentado, a ser direcionado ao dirigente máximo da IES no prazo de 10 (dez) dias a contar da data em que o estudante teve ciência da decisão.
 
13. O pedido de reconsideração deverá ser analisado pela IES, com o acompanhamento da Comissão Local de Acompanhamento e de Controle Social da IES (Colap), e decidido, no prazo máximo de 20 (vinte dias) dias, após a formalização do pedido do estudante. Neste período, cumpre aqui ressaltar, não poderão ser cobrados os encargos educacionais cobertos pela bolsa, até a efetiva ciência da decisão da reconsideração ou não reconsideração ao estudante.
 
14. Em caso de deferimento do pedido de reconsideração, o coordenador do Prouni deverá proceder à reversão do encerramento de usufruto da bolsa no Sisprouni, com a emissão do respectivo termo de reversão e devida assinatura digital.
 
15. Ressaltamos que a supervisão do bolsista só estará concluída após a emissão do respectivo Termo de Manutenção/Encerramento da bolsa e posterior assinatura digital do coordenador do Prouni/Representantes.

 
16. Informamos que toda a documentação apresentada pelo bolsista para a ação de supervisão deverá permanecer arquivada na IES, junto aos demais documentos do estudante, pelo período de 5 (cinco) anos, a contar da data da assinatura do respectivo Termo.
 
17. Insta esclarecer que caso os indícios de irregularidades indicados já tenham sido objeto de análise pelas instituições de ensino superior em supervisões anteriores, com a apresentação da documentação pertinente pelos estudantes, devidamente arquivada pela IES, orientamos que não será necessário convocar novamente esses bolsistas. O coordenador do Prouni deverá ratificar a manutenção do benefício ao estudante consoante as informações prestadas na supervisão anterior. Cabe salientar que essa situação somente será aplicável aos casos em que o(s) indício(s) de irregularidade sejam idênticos aos de supervisões de bolsistas anteriores.

 
18. Para verificação dos indícios de irregularidade constantes no Módulo de Supervisão, deverão ser apresentados pelos bolsistas os seguintes documentos, sem prejuízo de outros documentos julgados pertinentes pelo coordenador do Prouni:
 
a) Curso superior concluído
 
·  Declaração negativa de conclusão de curso superior emitida pela Instituição de Ensino Superior apontada no Módulo.
 
b) Vínculo em instituição pública e gratuita de ensino superior
 
·  Documento comprobatório do cancelamento do vínculo, no curso apontado no Módulo, emitido pela respectiva instituição de ensino superior. Ressaltamos que apenas o trancamento da matrícula na instituição pública não é válido para efeito de manutenção da bolsa.
 
c) Rendimentos no grupo familiar
 
·  Documentos comprobatórios da situação socioeconômica atual do bolsista, bem como dos integrantes do grupo familiar, observado o § 3º do art. 10 da Portaria Normativa nº 19, de 20/11/2008.
 
d) Propriedade de veículo automotor no grupo familiar
 
· Documentos comprobatórios da situação socioeconômica atual do bolsista, bem como dos integrantes do grupo familiar, observado o § 3º do art. 10 da Portaria Normativa nº 19, de 20/11/2008;
· Documentos que comprovem que o bolsista, ou membro de seu grupo familiar, não é proprietário do veículo, ou
· Documentos que comprovem que o veículo não é incompatível com o perfil de um bolsista do Prouni, bem como com a condição socioeconômica comprovada pelo estudante.
 
 
19. Salientamos ser obrigatória a divulgação em local de grande circulação de estudantes do inteiro teor deste Ofício-Circular, assim como a informação ao estudante que teve a sua bolsa encerrada por meio do Módulo de Supervisão, sobre o seu direito de realizar pedido de reconsideração fundamentado, conforme disposto no item 10 deste Ofício.
 
20. Finalmente, comunicamos que o prazo para registro das ações de supervisão no Módulo de Supervisão de Bolsistas encerrar-se-á em 14/11/2013.
 
21. Adicionalmente, informamos que está disponível no Sisprouni, no menu “Manuais”, o Manual de Supervisão de Bolsistas.
 
22. Certos de contar com o empenho de todos e reconhecendo a importância do papel dos coordenadores e seus representantes para a efetiva gestão do Prouni, colocamo-nos à disposição para os esclarecimentos adicionais eventualmente julgados necessários, por meio do endereço eletrônico supervisaoprouni@mec.gov.br.

 
          Cordialmente,
 
 
Lilian Carvalho do Nascimento
Diretora de Políticas e Programas de Graduação, Substituta
                                                                                                                                                                                      
 

 

separador de conteúdo
Voltar


TAXAS

A bolsa refere-se apenas às semestralidades ou anuidades escolares. Assim, as taxas cobradas pela instituição para expedir documentação ou para efetuar transferência; e quaisquer outros gastos, como material didático não são cobertos pela bolsa, exceto pedido de aproveitamento de disciplinas.

separador de conteúdo
Voltar


INTERCÂMBIO

O bolsista poderá concorrer ao Processo de Intercâmbio, de acordo com as normas gerais da Universidade, administradas pela Coordenação Central de Cooperação Internacional (CCCI). Se selecionado poderá regularizar a sua renovação no retorno das suas atividades acadêmicas na PUC-Rio ou assinar o Termo de Atualização Coletiva através de procuração com fim específico, dentro do prazo divulgado pelo PUC Urgente. http://www.puc-rio.br/ccci/

separador de conteúdo
Voltar


BILHETE ÚNICO CARIOCA UNIVERSITÁRIO/PASSE LIVRE

Estudantes do ensino superior matriculados nos cursos de graduação de instituições de ensino no Município do Rio de Janeiro, desde que bolsistas do Programa Universidade para Todos – ProUni – do Ministério da Educação ou alunos cotistas, beneficiários das políticas públicas afirmativas. Maiores informações: http://www.cartaoriocard.com.br/prouni/
Para solicitar a declaração de bolsista, o(a) aluno(a) deverá imprimir, preencher (identificação, data e assinatura) e entregar o requerimento na Coordenação do ProUni, que será atendido a partir de 2 (dois) dias úteis.

separador de conteúdo
Voltar


PROJETO FESP

O Fundo Emergencial de Solidariedade da PUC-Rio (FESP), coordenado pela Vice-Reitoria para Assuntos Comunitários, tem como objetivo garantir a permanência de estudantes universitários em perfil filantrópico, nos cursos de graduação desta Universidade.

Criado em 1997, o Fundo Emergencial de Solidariedade da PUC-Rio – FESP tem o objetivo de garantir a permanência de estudantes universitários em perfil filantrópico, nos cursos de graduação desta Universidade, realizando ações sociais de apoio socioeducativo. O FESP é coordenado pela Vice-Reitoria para Assuntos Comunitários da PUC-Rio e recebe recursos da Associação Nóbrega de Educação e Assistência Social – ANEAS. Contamos ainda com a doação de professores, funcionários e alunos da Universidade. Atendendo as propostas da Lei de Diretrizes e Bases, nº 9.394/1996, e da Lei Orgânica da Assistência Social, nº 8.742/1993, consolidada pela lei nº 12.435/2011, identificamos os principais problemas que tem inviabilizado a permanência daqueles alunos e apresentamos ações que, em concordância com a Lei da Filantropia nº 12.101/2009, contribuem para sanar as dificuldades inerentes. Através da concessão dos auxílios transporte e alimentação é viabilizada a frequência e o bem estar nutricional do aluno, que recebe ao longo de todo o ano letivo, de acordo com o calendário acadêmico e a grade horária estabelecida, vale transporte correspondente ao trajeto residência-Universidade-residência e vale refeição para uma alimentação diária, a ser consumida no bandejão da Universidade. Outros auxílios socioassistenciais são concedidos em casos específicos, de acordo com a avaliação de um profissional da equipe, respeitando sempre o aporte financeiro disponível. Contamos com uma equipe multidisciplinar, comprometida com os valores humanos e a ética cristã, propostos pela PUC-Rio, e acreditamos que o FESP tem contribuído para a redução dos índices de evasão dos alunos atendidos, bem como tem potencializado o aproveitamento acadêmico desses alunos, facilitando seu ingresso no mercado de trabalho. http://projetofesp.blogspot.com/

separador de conteúdo
Voltar


RENOVAÇÃO PARA 2014.1:

O período para a renovação do PROUNI será de 09 de Abril até 07 de Maio.

Horário de atendimento: 09:00 às 11:00 e das 14:00 às 16:00h.

Nos dias 09/04, 28/04, 30/04, 05/05 e 7/05 haverá atendimento até às 20h.


• Para realizar a renovação basta assinar o Termo de Atualização Coletiva.
• Os alunos, que não manifestarem interesse na renovação no prazo acima mencionado, terão a bolsa cancelada retroativa a Janeiro de 2014 e a Vice-Reitoria Comunitária não fará o parcelamento de eventuais débitos.

O MEC/ProUni estabelece os seguintes critérios para renovação/manutenção da bolsa:

I - Aproveitamento Acadêmico (Aprovação - AP) em, no mínimo, 75% das disciplinas cursadas durante o último período letivo.
Observação: Disciplinas canceladas SEM alteração de carnê são consideradas como disciplinas sem aproveitamento.
II – Não ter utilizado o número máximo períodos de concessão da bolsa.
Observação: O prazo máximo de concessão da bolsa corresponde ao dobro do número de períodos propostos pela PUC-Rio para a conclusão do Curso.
III – Não ter vínculo com nenhuma instituição de nível superior pública e gratuita.

O bolsista que não atingir o aproveitamento acadêmico exigido, o Coordenador do Prouni, juntamente com os professores responsáveis pelas disciplinas em que houve reprovação, poderá analisar as justificativas apresentadas pelo estudante para o rendimento acadêmico insuficiente e autorizar, por uma única vez, a continuidade da bolsa. No caso, o bolsista seguirá as orientações recebidas pela Coordenação do ProUni no período da renovação.

 

Serviço Comunitário de Orientação Psicológica – PSICOM:

Sabemos que a vida universitária apresenta muitos desafios.

Entendendo que cada ser humano é um ser integrado por múltiplas áreas e que estão em constante ligação (pessoal, acadêmica, familiar, profissional), dificuldades referentes a estes campos podem atravessar a vida cotidiana e afetar o desempenho acadêmico negativamente.

Para os bolsistas que, no semestre de 2013.2, não atingiram os 75% de aproveitamento acadêmico necessário para a manutenção do seu benefício, mas que desejam prevenir que esta situação não aconteça novamente e, visando também auxiliá-los a manter a oportunidade que receberam de fazer a graduação em uma faculdade de excelência com o benefício do PROUNI, oferecemos um espaço de compartilhamento e reflexão sobre as questões do dia-a-dia que podem interferir negativamente no ótimo aproveitamento desta chance.

Aqueles que estiverem interessados no atendimento de orientação psicológica deverão agendar horário na recepção da Vice-Reitoria Comunitária.

separador de conteúdo
Voltar


LEGISLAÇÃO GERAL:


separador de conteúdo

Voltar


CURSO DE INGLÊS:

Os Bolsistas ProUni matriculados na PUC-Rio poderão solicitar, quando oportunamente divulgado no PUC Urgente, na Coordenação do ProUni a inscrição para o curso de inglês da Cultura Inglesa, somente na unidade do Largo do Machado. O Convênio com o NEAM/PUC-Rio inclui gratuidade por 6 anos e material didático. Alunos que não alcancem média 7.0 no curso são desligados automaticamente. O NEAM apenas indica os alunos para o curso, gerido pelas normas da Cultura Inglesa.


PROCESSO SELETIVO CURSO DE INGLÊS 2014.2

ETAPAS PARA INSCRIÇÃO 2014.2:

1) PRÉ-INSCRIÇÃO

Período: 24 e 25 de Março
Local: sala ao lado do Departamento de Ed. Física (Prédio Cardeal Leme – sobreloja)
Horário: 9 às 11 ou das 14 às 16h
Requisito: Bolsista ProUni devidamente matriculado em 2014.1

A) Imprimir e entregar preenchida a ficha de inscrição
B) Entregar cópia do RG, CPF e situação acadêmica de 2014.1 (PUC Online)

Demais esclarecimentos: prouni@puc-rio.br

2) CONFIRMAÇÃO DA INSCRIÇÃO

Data: 6 de Maio
Local: NEAM (Prédio Cardeal Leme – sobreloja)
Horário: 9 às 16h
Requisito: Ter realizado a pré-inscrição

A) Assinar carta fornecida pelo NEAM

Demais esclarecimentos: neampucr@puc-rio.br

 

separador de conteúdo

Voltar