Pular para o conteúdo da página
Brasão da PUC-Rio

Cursos

Engenharia

Ciclo Básico
Ciclo Profissional das Engenharias
Periodização atual (CURRÍCULOS 2023 SERÃO DIVULGADOS EM BREVE)

Coordenadora do ciclo básico do curso de Engenharia

Coordenadora do Ciclo Básico:
Professora Débora Freire Mondaini

Coordenador do ciclo profissional do curso de Engenharia

Coordenador do Ciclo Profissional:
Professor Marcelo Dreux

Foto referente ao curso de Engenharia
Localização:


Ciclo Básico

Edifício Cardeal Leme . 2º andar . Sala 251
tel: 3527–1310 / 1311 / 1312
email: secretcb@puc-rio.br
site: http://www.cbctc.puc-rio.br


Ciclo Profissional das Engenharias

Edifício Cardeal Leme, 2o. andar, sala 233
tel: 3527-1957 / 1959 / 1427 / 1428
email: secretccpe@puc-rio.br
site: http://www.ctc.puc-rio.br/ccpe


Conheça mais sobre:

Domínios Adicionais

Uma nova forma de você complementar seus estudos na PUC-Rio. Leia aqui.


Quem é o profissional

A graduação em Engenharia é uma das mais tradicionais da PUC-Rio, responsável em grande parte pela fama de excelência no ensino da Universidade. No Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, a profissão é definida como a aplicação de métodos científicos ou empíricos à utilização dos recursos da natureza em benefício do ser humano. Apesar de correta, trata-se de uma definição bem vaga para uma carreira que permite os mais variados desdobramentos.

Os campos de ação do engenheiro são tantos e tão fundamentais para a sociedade que o CTC oferece 11 cursos diferentes: Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Elétrica – Telecomunicações, Engenharia de Materiais, Engenharia Mecânica, Engenharia Metalúrgica, Engenharia de Petróleo, Engenharia de Produção e Engenharia Química.


O que é o curso

Capacitar o aluno a desenvolver pesquisas, produtos e serviços, traçar estratégias, gerenciar incertezas, solucionar problemas e trabalhar com equipes multidisciplinares. Essa é a proposta do ensino de graduação em Engenharia, que pretende fazer com que o estudante aprenda a conciliar lógica e base científica com versatilidade e visão empreendedora.

As diretrizes para a preparação de um profissional com esse perfil fazem parte de um trabalho pedagógico e metodológico que está sempre em evolução e que visa a adequar a formação oferecida com o mercado de trabalho e com as necessidades do mundo contemporâneo. Atualmente, além de currículos flexíveis, que permitem maior integração com áreas complementares à da Engenharia, os estudantes cursam, desde os primeiros períodos, disciplinas orientadas para projetos, como os cursos hands-on, em que os alunos participam ativamente da construção de protótipos.

A estrutura curricular dos cursos de graduação em Engenharia é dividida em duas partes. O Primeiro Ciclo – também chamado de Ciclo Básico – é formado por disciplinas obrigatórias comuns a todos os cursos do CTC (com exceção do bacharelado em Informática). Já o Ciclo Profissional é composto por disciplinas pertinentes a cada um dos cursos oferecidos. Para escolher sua especialização e fazer a opção de curso junto à DAR, o aluno precisa ter completado o Primeiro Ciclo. Só após essa fase é que se inicia a formação específica de cada um dos 11 cursos de Engenharia, que contam com mais de cem laboratórios tecnológicos e computacionais para dar suporte ao ensino.
O Escritório de Desenvolvimento é outro instrumento importante para a formação dos alunos. Através dele são desenvolvidos projetos em parceria com a indústria, que contam com a participação dos alunos e ajudam o CTC a estar sintonizado com a realidade das empresas e os nichos de inserção da pesquisa aplicada no mercado.


Ciclo Básico

O que é o Ciclo Básico

O Ciclo Básico é o primeiro ciclo dentro da estrutura curricular dos cursos de graduação do Centro Técnico Científico, concentrando as disciplinas comuns a todos os seus cursos de Graduação. No Ciclo Básico, o aluno recebe ampla formação científica nas áreas de Matemática, Física, Química e Informática, com intensa prática laboratorial e ampla formação humanística.

Também pertencem ao currículo comum as disciplinas de Introdução à Engenharia I (obrigatória) e II, que são disciplinas de projetos, com abordagem hands-on, ou seja, aprendizado a partir de problemas concretos, proporcionando aos alunos a oportunidade de trabalhar em equipe em torno de um problema comum, aprendendo a exercitar a aplicação do método de engenharia a partir de uma aprendizagem significativa.

O Ciclo Básico apresenta-se em dois currículos para os alunos ingressantes. Àqueles com menor rendimento no vestibular são oferecidas disciplinas introdutórias de Física e Matemática, que têm, menos do que caráter conteudístico, o objetivo de trabalhar o raciocínio lógico e abstrato, usando conceitos fundamentais desses dois campos de conhecimento.

A opção por um sistema de núcleo comum inicial implica que a escolha profissional (opção de curso) seja feita após o 3º período de créditos, permitindo, assim, que o aluno tenha melhor conhecimento da carreira que deseja seguir.


Estrutura do Ciclo Básico

Ementa de disciplina
Alunos do Currículo 0 - Padrão
Código Nome da Disciplina
MAT1161 Cálculo de uma Variável
MAT1162 Cálculo a Várias Variáveis I
MAT1154 Equações Diferenciais e de Diferenças
MAT1200 Álgebra Linear I
FIS1033 Mecânica Newtoniana
FIS1034 Laboratório de Mecânica Newtoniana
FIS1041 Fluidos e Termodinâmica
FIS1042 Laboratórios de Fluidos e Termodinâmica
FIS1051 Eletromagnetismo
FIS1052 Laboratório de Eletromagnetismo
INF1005 Programação I
CRE1100 O Humano e o Fenômeno Religioso
CRE0700 Optativas de Cristianismo
 

OBS(1): Alunos da Turma Especial podem cursar as disciplinas MAT 1181, MAT 1182 e MAT 1183 em vez de cursar as disciplinas MAT 1161, MAT 1162 e MAT 1163, respectivamente.

OBS(2): Alunos do Currículo 1 devem fazer as seguintes substituições: Cursar as disciplinas MAT 1157 e MAT 1158 em vez da MAT 1161; Cursar as disciplinas FIS 1025, FIS 1026 e FIS 1027 em vez das FIS 1033 e FIS 1034.


Apoio acadêmico Ciclo Básico

O Ciclo Básico mantém um serviço de orientação e suporte ao seu aluno, que contempla atividades como orientação acadêmica, atendimento e diagnóstico psicopedagógico.

Esse espaço possibilita ouvir e conhecer melhor o aluno ingressante, acompanhar seu desenvolvimento e oferecer subsídios para a avaliação dos cursos e mudanças ou reestruturações curriculares.

Essa orientação ajuda o aluno na escolha das disciplinas e na definição da escolha de seu curso.

O CB visa atender aos alunos de forma diferenciada, de acordo com suas necessidades, oferecendo:


Bolsas de estudo e Premiação de alunos

A forte interação da graduação com a pós-graduação estimula um ambiente de pesquisa e inquiridor, abrindo chance de participação direta dos alunos de graduação em projetos de pesquisa básica e tecnológica, inclusive com o incentivo de Bolsas de Iniciação Científica de programas como o PIBIC.

Além disso, é promovida a oferta de bolsas e premiações anuais para alunos com excepcional desempenho acadêmico no Ciclo Básico


Dicas

“O que vou aprender nas disciplinas do Ciclo Básico do CTC? Onde acho as minhas salas de aula? Em que disciplinas devo me matricular no próximo período?”

Para saber as respostas, acesse o site: www.cbctc.puc-rio.br ou visite o Ciclo Básico do CTC.

A secretaria do Ciclo Básico fica no 2° andar do Prédio Cardeal Leme - sala 251. Não deixe de passar por lá, nossa equipe poderá esclarecer suas dúvidas e orientá-lo, e Você também poderá se informar sobre avisos e comunicados importantes disponíveis em nossos murais.


Ciclo Profissional das Engenharias

Perfil, habilidades e competências do engenheiro

Conforme definido nas Diretrizes Curriculares para os Cursos de Graduação em Engenharia estabelecidas pelo Ministério da Educação, “O perfil dos egressos de um curso de engenharia compreenderá uma sólida formação técnico-científica e profissional geral que o capacite a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade”.

O aluno de Engenharia da PUC-Rio, depois de receber no Ciclo Básico ampla formação científica nas áreas de Matemática, Física, Química e Informática, e também humanística, cumpre no Ciclo Profissional um conjunto de disciplinas específicas da Engenharia de sua opção, além de disciplinas complementares de outras áreas. Ao longo do curso são estimuladas atividades de síntese e integração dos conhecimentos adquiridos, sendo que ao final será exigido um Projeto de Graduação, onde o aluno resolverá completamente um problema de Engenharia orientado por um professor do Curso. Além disso, é obrigatório um Estágio Supervisionado de no mínimo 160 horas numa empresa, preferencialmente de Engenharia, assim como pelo menos 150 horas de Atividades Complementares.

Cada curso de Engenharia possui um projeto pedagógico que demonstra claramente como o conjunto das atividades previstas garante o perfil desejado do seu egresso e dá a este condições para adquirir as competências e habilidades para, de acordo com as Diretrizes Curriculares:

  1. aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à engenharia;
  2. projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados;
  3. conceber, projetar e analisar sistemas, produtos e processos;
  4. planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços de engenharia;
  5. identificar, formular e resolver problemas de engenharia;
  6. desenvolver e/ou utilizar novas ferramentas e técnicas;
  7. supervisionar a operação e a manutenção de sistemas;
  8. avaliar criticamente a operação e a manutenção de sistemas;
  9. comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica;
  10. atuar em equipes multidisciplinares;
  11. compreender e aplicar a ética e a responsabilidade profissionais;
  12. avaliar o impacto das atividades da engenharia no contexto social e ambiental;
  13. avaliar a viabilidade econômica de projetos de engenharia;
  14. assumir a postura de permanente busca de atualização profissional.

Infra-estrutura do Ciclo Profissional

A Engenharia da PUC-Rio possui mais de 30 anos de atividade e a sua forma atual foi inicialmente concebida na década de 60, tendo sofrido, já em sua origem, a grande influência da reforma universitária de 1968 e dos esforços do então BNDE (hoje BNDES) de disseminação da pós-graduação no país, ao menos nas áreas técnico-científicas. Uma estrutura de Departamentos integrados substituiu o modelo anterior de Escola Politécnica para os cursos de Engenharia e de Institutos independentes para os cursos de Ciências Básicas. Desde então, os cursos de Engenharia da PUC-Rio se caracterizam por:

Como conseqüência da estrutura departamental da Universidade, todos os cursos tradicionais de engenharia da PUC-Rio se originaram nos departamentos e vêm sendo administrados academicamente por estes. Mais recentemente, com o advento de novas modalidades de engenharia, foram criados cursos interdepartamentais associados diretamente a mais de um departamento. Entre os primeiros temos Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção. No conjunto de cursos interdepartamentais estão Engenharia Ambiental, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Materiais, Engenharia de Petróleo e Engenharia Química.
Para atender mais adequadamente a essa variedade de cursos de engenharia, foi criada recentemente a Coordenação do Ciclo Profissional das Engenharias (CCPE), com atribuições eminentemente operacionais e administrativas.


Flexibilidade dos cursos

Depois de o aluno cumprir o conjunto de disciplinas obrigatórias específicas da engenharia de sua opção e complementares de outras áreas, os créditos restantes necessários para completar o total de 236 são de sua livre escolha, o que permite que ele crie um currículo individual, de acordo com o seu ritmo e objetivos. Esses créditos podem ser aproveitados para cumprir as disciplinas obrigatórias e optativas de uma determinada ênfase ou especialidade dentro do curso, quando existir essa possibilidade, ou então podem ser destinados a disciplinas eletivas livres.

Tal flexibilidade permite ainda que o aluno se matricule em disciplinas de pós-graduação, podendo estas disciplinas serem aproveitadas na sua graduação e também em um posterior mestrado na PUC-Rio, ou cumpra um determinado grupo de disciplinas optativas de uma outra área, adicionando conhecimento de um segundo domínio em sua formação acadêmica. Este Domínio Adicional é um curso seqüencial de complementação de Estudos e pode ser cumprido tanto na área Tecnológica como nas áreas de Ciências Sociais ou Humanas.


Oportunidades

Como estímulo adicional ao aprendizado acadêmico, e em consonância com o perfil do novo profissional, a PUC-Rio criou o Programa de Formação de Empreendedores, sob a coordenação do Instituto Gênesis para Inovação e Ação Empreendedora, cuja excelência é nacionalmente reconhecida. Nele, os estudantes acessam todas as ferramentas comportamentais e estratégicas necessárias à sua projeção profissional e empresarial, e têm a oportunidade de montar o seu próprio negócio. A Incubadora fornece não só salas comerciais em prédio próprio dentro da PUC-Rio, como suporte jurídico e gerencial, assessoria de imprensa e orientação de professores. O Instituto Gênesis também proporciona a oportunidade de incubação de empreendimentos e de estágio em sua Empresa Júnior, que presta serviços a grandes corporações, nos mais diversos segmentos, e conta com histórico de prestígio no mercado.

Ainda dentro dessa idéia de flexibilização, a PUC-Rio mantém um sistema de intercâmbio de estudantes com mais de cem universidades americanas e européias, possibilitando ao aluno que parte do seu curso seja feito no exterior.

Dentro desse intercâmbio internacional, existe o programa de dupla diplomação com universidades francesas, alemãs, italianas e espanholas, em que o aluno pode obter, simultaneamente, diplomas da PUC-Rio e da instituição de ensino estrangeira onde terá cursado parte de sua graduação. O programa de dupla diplomação é válido tanto para alunos brasileiros como para europeus.

Os formandos têm obtido, em sua grande maioria, uma excelente colocação no mercado, que se confirma nas pesquisas realizadas pela Universidade: os alunos conquistam vagas de estágios sem dificuldade, sendo que ainda têm a possibilidade de realizar estágio integral curricular. Para quem deseja seguir a carreira acadêmica, o Centro Técnico-Científico oferece programas de pós-graduação em todos os seus departamentos, equiparados, em qualidade, aos padrões internacionais.